PowerFlow – Fluxo de Potência em Sistemas Elétricos

icone pontilhado

Local

Online

Duração

8 horas

Data

07 de Novembro 2022

Investimento

R$ 1000,00
seta

PowerFlow - Fluxo de Potência em Sistemas Elétricos

O modo natural de funcionamento do sistema elétrico é o regime permanente simétrico, que é o estado normal de funcionamento do sistema. O denominado estudo de PowerFlow - fluxo de potência (ou fluxo de carga) é realizado para resolver essas situações de regime. O Power Flow permite analisar as características de funcionamento global do sistema. A principal função de um sistema de energia elétrica é a de fornecer as potências ativas e reativas, necessárias às diversas cargas a ele ligadas, onde as potências geradas fluem pelo sistema elétrico, a fim de atender as cargas localizadas em determinadas barras e painéis. Questões importantes em sistemas elétricos e fluxo de potência, que devemos considerar e nos atentar: Qual é a maneira mais simples e econômica de dividir a carga entre os vários circuitos? Como minimizar as perdas em função do dimensionamento correto de cabos, linhas e transformadores? Quais são as melhores configurações de rede para atender as demandas de carga? Qual é o efeito de interligações, novas linhas, novas cargas, novos geradores? Como manter o funcionamento dentro dos limites operacionais? Como corrigir os fatores de potência, para evitar o pagamento de multas às concessionárias? Qual a melhor forma de resolver problemas de queda de tensão? Como o Fluxo de Potência serve de base para a realização do Estudo de Harmônicos? Sendo assim, o objetivo principal de nosso treinamento é mostrar essa ferramenta PowerFlow ou LoadFlow, para uma determinada carga e condição operacional, para os itens descritos abaixo: As tensões nos vários nós ou barras do sistema As correntes nos vários ramos do sistema O fluxo de potência ativa (kW/MW) O fluxo de potência reativa (kVAr/MVAr) O dimensionamento/carregamento dos equipamentos do sistema O tape dos transformadores As perdas no sistema As quedas de tensão O fator de potência nos pontos de interesse Alocação/avaliação de banco capacitores Avaliar as possíveis contingências Todos esses parâmetros serão utilizados pelo engenheiro de sistema de potência, para avaliar a performance do sistema elétrico, identificar as áreas com possíveis problemas, e também para fins de projeto, planejamento e prevenção de danos ou gastos desnecessários.

O Público alvo
O Público alvo

Engenheiros e Técnicos que atuam em projeto, consultoria, manutenção, comissionamento e operação de sistemas elétricos.

Os objetivos
Os objetivos

Mostrar o PowerFlow / LoadFlow, para uma determinada carga e condição operacional, para:
-As tensões nos vários nós ou barras do sistema
-As correntes nos vários ramos do sistema
-O fluxo de potência ativa (kW/MW)
-O fluxo de potência reativa (kVAr/MVAr)
-O dimensionamento/carregamento dos equipamentos do sistema
-O tape dos transformadores
-As perdas no sistema
-As quedas de tensão
-O fator de potência nos pontos de interesse
-Alocação/avaliação de banco capacitores
-Avaliar as possíveis contingências

O que está incluso
O que está incluso

- Material didático em PDF
- Versão trial de software
- Certificado de Participação em PDF

Conteúdo

1 – Conceitos Básicos

2 – Métodos mais utilizados para a Solução de Fluxo de Potência

3 – Correção de Fator de Potência

4 – Quedas de tensão em Regime

5 – Quedas de tensão na Partida de Motores

6 – Escolha adequada do Tape de Transformadores

7 – Sobretensões de regime (excesso de reativo)

8 – Dicas importantes para a simulação de fluxo de potência

9 – Exemplos Práticos com Simulações em Software Comercial

Sobre o instrutor

Foto Claudio Mardegan icone linkedin

Claudio Mardegan

CEO da EngePower | Membro Sênior do IEEE
Conheça o professor

Treinamentos relacionados